A experiência transmidiática em Alice de Tim Burton

treading binario on line Um dos grandes cases de strategie forex breve periodo divulgação transmídia é a versão de Alice no País das Maravilhas dirigida por Tim Burton. A Disney investiu – e investiu alto – ao proporcionar uma intensa experiência transmidiática  na divulgação de Alice. Utilizando de diversos meios (massivos e de nicho, online e offline), o buzz gerado pelas estratégias multiplataformas de divulgação do filme já o colocava no patamar de sucesso de bilheteria antes mesmo de sua estreia.

http://www.divestit.com.au/?parasyk=iqoption-racing&108=e7 iqoption racing Köpa Cialis säkert på nätet Os recursos transmidiáticos em Alice

binäre optionen broker in der schweiz No longínquo mês de junho de 2009, as primeiras fotos do filme “vazaram na web”; em julho, foi a vez do trailer cair na rede e, em setembro, imagens do set. A partir daí uma sucessão de estratégias em diferentes meios:

binary option robot - o press kit entregue a jornalistas e blogueiros foi um incrível livro personalizado com a história. Dentro dele um livro menor, e ainda outro, até encontrar uma chave pequena com a USB que trazia informações e cenas especiais; [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OCv4c0uZoQ4&feature=player_embedded]

buying Priligy without a prescription – utilizando a técnica Flashmob, uma ação chamada Tea Party trouxe dezenas de bailarinos fantasiados como personagens de Alice, que “invadiram” a feira Magic Marketplace (importante evento de moda);

90 win forex trade every – passando pra mídia impressa, a Disney comprou a capa do LA Times, já na televisão aberta, a empresa reservou um dos milionários espaços do Super Bowl;

212trading – a Amazon disponibilizou a trilha sonora do filme;

opzioni binarie a breve termine libro - entre os souvenirs oficiais, foram produzidos bonecos do Chapeleiro Maluco (personagem de Johnny Depp), além de uma linha exclusiva de roupas, bolsas, canecas, esmaltes e joias;

order Revia in Warren Michigan – o diretor do filme concedeu entrevista exclusiva via livestream no MySpace, atraindo mais de 400 mil espectadores;

http://melroth.com/?komp=bitwiss-com&309=f3 bitwiss com - Alice no País das Maravilhas tem um mobile game para Iphone;

opzioni binarie con iq trading – também foi lançado um game oficial para Nintendo DS e Wii;

Tastylia for sale - o perfil oficial do Twitter, @importantdate, possui mais de 15 mil seguidores e divulga fotos, entrevistas e promoções exclusivas;

arrotondare lo stipendio opzioni binarie – já a página oficial no Facebook foi a primeira a divulgar os pôsteres do filme e hoje conta com 1,3 MM de fãs, que têm acesso a informações, trailer, jogos e aplicativos como o do Chapeleiro Maluco;

binaire optie brokers nederland – a revista WIRED publicou um vídeo com o making of do filme;

– outra forma de mídia utilizada foi a sala de cinema, em que o trailer de Alice, que terá versão em 3D, foi exibido antes da megaprodução Avatar; – o offline ataca com um outdoor do personagem de Johnny Depp;

– a sessão de premiére mundial foi transmitida ao vivo no Facebook;

- ah, e tem o site oficial, que traz todas essas coisas citadas, e ainda possibilita a compra online de ingressos para assistir o filme no cinema.

 

As ações de divulgação da Disney desencadearam diversas outras manifestações não-oficiais, como exposições e eventos temáticos,o que colaborou para o sucesso de bilheteria que o filme se tornou logo nas primeiras semanas de exibição. Lançado em 4 de março nos Estados Unidos e em outros países, Alice quebrou recordes e superou Avatar, atingindo U$ 210,3 milhões no primeiro fim-de-semana (sendo que a produção ainda não estreou em 40% do mercado mundial).

É claro que uma parcela considerável deste sucesso vem da história maluca de Lewis Carroll e da fórmula Tim Burton + Johnny Depp, que já possui uma legião de fãs. Mas o investimento em recursos transmidiáticos para divulgação geraram grande curiosidade e expectativa no público, impactando o maior número de pessoas de diferentes formas.

iq option come paga Atualização: no caso de Alice, os recursos de transmídia foram utilizados como estratégia de divulgação do filme, e não da história (que não continua nesses outros meios, mas oferece uma experiência que pessoas que apenas assistiram o filme não irão conhecer).

10 Relatórios e Tendências em Comunicação e Social Media que você precisa conhecer

Todo mundo sabe que para trabalhar com comunicação é necessário estar sempre bem informado. É claro que não dá pra saber tudo que está acontecendo em todo o mundo (overload!), mas independentemente da área que trabalhamos, tendo como matéria-prima a informação e o conhecimento, é preciso saber onde encontrar alguns dados, estatísticas e tendências.

Relatórios e pesquisas facilitam nossa análise de mercado, ampliam nossos horizontes e auxiliam no planejamento de futuras ações. Ainda que muitos destes estudos sejam pagos, vez ou outra encontro um relatório interessante disponível em PDF. Pensando nisso, compartilho alguns por aqui. Alguns exigem apenas um cadastro simples de e-mail. Divirta-se!

1. Swix – Social Media Marketing at the Largest Brands in the World.

2. BrandFinance – Global 500, um estudo sobre as 500 marcas mais valiosas do mundo.

3. BrandRepublic Whitepaper Library- a biblioteca do Brand Republic reúne artigos sobre muitos temas atuais e importantes, de B2B a Viral Marketing.

4. Pew Research Center – Números, fatos e tendências modelando o mundo. Este centro de pesquisas oferece diversos relatórios interessantes, como o State of the News Media 2010 e o Millenials: A Portrait of Generation Next.

5. EConsultancy – E-mail Marketing, Social Media, SEO, publicidade online… aqui tem de tudo.

6. Nieman Reports – Harvard – Jornalismo e Social Media.

7. Pop Cap Social Media Gaming Research – Relações entre jogos e mídias sociais.

8. Social Media Biz – Busca em tempo real e descoberta da social web.

9. State of Community Management 2010 – Relatório sobre criação, reconhecimento e gerenciamento de comunidades organizacionais.

10. Emarketer – Pesquisas e gráficos sobre marketing, social media, mobile marketing, consumidores, e por aí vai.