Conheça o projeto Polyteck: ciência e tecnologia em revista

he\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\\'s hot and cold dating Hoje um título de post publicado em um grupo de Facebook me chamou a atenção: “Como o seu comportamento pode transformar as universidades“. Esse é um assunto que me interessa bastante, e tive uma grata surpresa ao ler o post. :)

here

tastylia online Trata-se de uma revista chamada Polyteck, focada em tecnologia e ciência de ponta e distribuída gratuitamente nas universidades. A ideia é de André Sionek, estudante de Física da UFPR, que estudou na University of Pensilvannia através do programa Ciência Sem Fronteiras do Governo Federal.

follow site

http://varisportsclub.com/?biud=mercato-binario&982=97 Segundo André, na temporada na universidade norte-americana, ele percebeu diferenças no típico aluno norte-americano e brasileiro, como a falta de interesse do estudante brasileiro pelo que há de novo no campo da tecnologia e ciência e pelo estudo/conhecimento de forma geral (salvo exceções, é claro).

http://drybonesinthevalley.com/?tyiuds=stock-options-management Isso acabou gerando uma ideia para contribuir com a disseminação do conhecimento entre os universitários brasileiros. Nas palavras do fundador da Polyteck:

enter site “Ao voltar do intercâmbio eu criei, junto com alguns colegas, uma revista de tecnologia e ciência que é distribuída gratuitamente dentro das universidades. O nosso objetivo é entregar a revista para os milhares de universitários que estão acomodados nas universidades. Jovens que não tem iniciativa para acessar algum blog sobre ciência na internet e muito menos vontade de ler um artigo científico ou um conteúdo mais aprofundado. Publicamos adaptações de artigos científicos de periódicos de alto impacto. Não simplificamos muito o conteúdo, pois acreditamos que os universitários tem capacidade para (e precisam) entender textos mais técnicos e procurar mais informações no artigo original caso tenham dúvidas. (…)

go to site Quando um aluno lê a nossa revista dentro da universidade ele influencia os que estão ao seu redor, torna público o fato de que se interessa por tecnologia e ciência. E isso pode motivar mais jovens a lerem e se manterem atualizados com o que ocorre na tecnologia e ciência. Queremos criar esse resíduo de comportamento que vai influenciar e causar mudanças no comportamento de mais universitários.”

الخيارات الثنائية ترك العمل ScreenHunter_146 Feb. 16 23.20

http://digital-tonic.co.uk/wp-cron.php?doing_wp_cron=1512720138.9222130775451660156250 A intenção dos fundadores do projeto é distribuir a Polyteck, que já está na sua 4ª edição, em outras universidades brasileiras. Para isso, estão com um projeto de financiamento no Catarse, em que pode-se contribuir com a causa a partir de R$ 10.

http://www.arcimedia.co.uk/?termostat=operazioni-binarie-consob&945=36 Sempre tive muito interesse no que é produzido e publicado pelo ambiente acadêmico e acredito que iniciativas como essa ajudam a reduzir o gap entre o mercado e a academia. Acredito que esse projeto é muito válido e pode realmente incentivar a busca pelo conhecimento e uma mudança no comportamento de muitos estudantes Brasil afora. Eu já contribui! E você?

go