MusicViz: uma nova maneira de descobrir músicas

binaire opties optie24 O SXSW acabou, mas pra quem ficou com gostinho de quero mais, resta aproveitar o conteúdo que está sendo compartilhado por aí: mais uma de suas palestras foi disponibilizada no Slideshare. MusicViz é o tema da palestra de Paul Lamere, o cara por trás do Music Machinery – um blog sobre a interface entre música e tecnologia, segundo sua própria descrição.

forex live market quotes Com tantas músicas disponíveis, bandas e estilos que surgem (e ressurgem) a todo momento, precisamos de novas ferramentas que nos ajudem a “garimpar” entre as novidades musicais. Paul Lamere defende o recurso da visualização de dados (conhecido como dataviz) como uma excelente maneira de explorar o cenário musical e descobrir coisas novas e interessantes.

strumenti da utilizzare per opzioni binarie Só pelos slides já dá para ter uma boa ideia do quanto esse assunto pode ser interessante, mas uma boa alma registrou a palestra em vídeo. Quem diria que gráficos, mapas e diagramas poderiam se tornar uma fonte musical? 

best forex brokers philippines  

A experiência transmidiática em Alice de Tim Burton

valutahandel betydelse Um dos grandes cases de binära optioner bok divulgação transmídia é a versão de Alice no País das Maravilhas dirigida por Tim Burton. A Disney investiu – e investiu alto – ao proporcionar uma intensa experiência transmidiática  na divulgação de Alice. Utilizando de diversos meios (massivos e de nicho, online e offline), o buzz gerado pelas estratégias multiplataformas de divulgação do filme já o colocava no patamar de sucesso de bilheteria antes mesmo de sua estreia.

buy metformin with a mastercard where can i buy cytotec in Centennial Colorado Os recursos transmidiáticos em Alice

apostila opções binarias No longínquo mês de junho de 2009, as primeiras fotos do filme “vazaram na web”; em julho, foi a vez do trailer cair na rede e, em setembro, imagens do set. A partir daí uma sucessão de estratégias em diferentes meios:

opzioni binarie analisi tecnica 60 secondi - o press kit entregue a jornalistas e blogueiros foi um incrível livro personalizado com a história. Dentro dele um livro menor, e ainda outro, até encontrar uma chave pequena com a USB que trazia informações e cenas especiais; [youtube=http://www.youtube.com/watch?v=OCv4c0uZoQ4&feature=player_embedded]

bdswiss it com – utilizando a técnica Flashmob, uma ação chamada Tea Party trouxe dezenas de bailarinos fantasiados como personagens de Alice, que “invadiram” a feira Magic Marketplace (importante evento de moda);

– passando pra mídia impressa, a Disney comprou a capa do LA Times, já na televisão aberta, a empresa reservou um dos milionários espaços do Super Bowl;

– a Amazon disponibilizou a trilha sonora do filme;

- entre os souvenirs oficiais, foram produzidos bonecos do Chapeleiro Maluco (personagem de Johnny Depp), além de uma linha exclusiva de roupas, bolsas, canecas, esmaltes e joias;

– o diretor do filme concedeu entrevista exclusiva via livestream no MySpace, atraindo mais de 400 mil espectadores;

- Alice no País das Maravilhas tem um mobile game para Iphone;

– também foi lançado um game oficial para Nintendo DS e Wii;

- o perfil oficial do Twitter, @importantdate, possui mais de 15 mil seguidores e divulga fotos, entrevistas e promoções exclusivas;

– já a página oficial no Facebook foi a primeira a divulgar os pôsteres do filme e hoje conta com 1,3 MM de fãs, que têm acesso a informações, trailer, jogos e aplicativos como o do Chapeleiro Maluco;

– a revista WIRED publicou um vídeo com o making of do filme;

– outra forma de mídia utilizada foi a sala de cinema, em que o trailer de Alice, que terá versão em 3D, foi exibido antes da megaprodução Avatar; – o offline ataca com um outdoor do personagem de Johnny Depp;

– a sessão de premiére mundial foi transmitida ao vivo no Facebook;

- ah, e tem o site oficial, que traz todas essas coisas citadas, e ainda possibilita a compra online de ingressos para assistir o filme no cinema.

 

As ações de divulgação da Disney desencadearam diversas outras manifestações não-oficiais, como exposições e eventos temáticos,o que colaborou para o sucesso de bilheteria que o filme se tornou logo nas primeiras semanas de exibição. Lançado em 4 de março nos Estados Unidos e em outros países, Alice quebrou recordes e superou Avatar, atingindo U$ 210,3 milhões no primeiro fim-de-semana (sendo que a produção ainda não estreou em 40% do mercado mundial).

É claro que uma parcela considerável deste sucesso vem da história maluca de Lewis Carroll e da fórmula Tim Burton + Johnny Depp, que já possui uma legião de fãs. Mas o investimento em recursos transmidiáticos para divulgação geraram grande curiosidade e expectativa no público, impactando o maior número de pessoas de diferentes formas.

trading online virtuale binari Atualização: no caso de Alice, os recursos de transmídia foram utilizados como estratégia de divulgação do filme, e não da história (que não continua nesses outros meios, mas oferece uma experiência que pessoas que apenas assistiram o filme não irão conhecer).